Quinta da Giesta & Quinta da Fonte do Ouro
A cada dia que passa, a cada ano que passa, a cada campanha que passa, tentamos chegar mais perto ou mesmo tocar no modelo verdadeiro do Dão. Todos os dias tentamos aperfeiçoar técnicas vitivinícolas para tentar criar algo diferente, algo singular, algo que reflicta a verdadeira pureza da Região do Dão. Porquê não tentar colocar em cada garrafa o terroir do Dão? É esse terroir que vai nos distinguir de todos os outros vinhos de Portugal e Estrangeiro. Assim, saberemos que no outro lado do mundo, alguém estará a abrir uma garrafa da Sociedade Agrícola Boas Quintas e certamente reconhecerá a nossa região, uma região de história, a Região do Dão! Poderíamos dizer que não estamos inseridos num clima perfeito, num solo perfeito… Mas compensa ter este pensamento? Aqui, tentamos apenas, com as características que temos (casta, solo, clima), trabalhar o máximo possível, desenvolver ao máximo as técnicas para chegar até si um verdadeiro néctar, um vinho que seja o verdadeiro reflexo do Dão!


13 Fevereiro 2010

Porquê a criação de um blog?

Hoje, no mercado vinícola, o mais importante, o essencial, é a aproximação do produtor de vinho ou da empresa dos consumidores de vinho, dos apaixonados pelo vinho. Milhares de sites são formados em empresas para tentar entrar na massa “cibernauta”. Mas será que o site vai conseguir incluir mesmo toda a massa “cibernauta”?

A criação deste blog da Sociedade Agrícola Boas Quintas vai incidir na massa dos apaixonados pelo vinho. Vai estar em contacto directo com pessoas no ramo profissional e pessoas que simplesmente gostam de saber mais sobre o vinho.

Vai ser criado um “diário”onde colocarei algumas informações sobre os trabalhos realizados, e porque esses trabalhos se realizam… Com a criação deste blog, será mais fácil a marcação de visitas ou provas com pessoas que andam a navegar na internet (fóruns, blogs, etc...). Queremos criar, com este blog, uma empresa mais dinâmica, mais atractiva, mais jovem!